Mercado de transferências em 2015. Parte 1

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mercado de transferências em 2015. Parte 1

Mensagem por Tiago Ferreira em Ter 4 Nov 2014 - 17:37

Na antevisão de mais uma temporada do World Tour fazemos o balanço do mercado de transferências. Peter Sagan e Nacer Bouhanni foram dois dos nomes mais sonantes a mudarem de camisola, mas a “dança das cadeiras” teve muitos outros protagonistas de renome. Atualizamos as entradas e saídas nas equipas WorldTour e Profissionais Continentais.
Fazemos o apanhado das entradas "IN” e as saídas "OUT” por ordem alfabética numa altura em que as equipas dão os primeiros passos na pré-temporada e começam a traçar os objectivos para 2015.

Parte 1 - A a G

AG2R-LA MONDIALE
IN: Jan Bakelants, Johan van Summeren, Quentin Jauregui
Out: Yauheni Hutarovich, Davide Appollonio, Maxime Bouet, Steve Chainel

Com apenas 28 anos Jan Bakelants é um ciclista já bem rodado no pelotão internacional. O belga, que tem por apanágio não ficar mais de duas épocas numa equipa, reforça a equipa francesa oriundo da Omega Pharma-Quick-Step. Da Bélgica vem outro dos reforços de peso da equipa: Johan Vansummeren. Com 33 anos o vencedor do Paris-Roubaix em 2011 foi uma das vítimas da fusão entre a Garmin e a Cannondale e assinou por duas temporadas com a AG2R-La Mondiale.

Em sentido inverso o experiente Yauheni Hutarovic saiu e assinou pela Bretagne-Seche Environnement, Steve Chainel ingressou as fileiras da Cofidis e Maxime Bouet mudou-se para a Etixx-Quick-Step

ANDRONI GIOCATTOLI
IN: Oscar Gatto, Davide Appollonio, John Kronborg Ebsen, Serghei Ţvetcov, Marco Benfatto, Simone Stortoni, Carlos Gimenez e Alberto Nardin.

Embalada por uma grande temporada em 2015 a equipa ProContinental aproveitou para reforçar as suas fileiras com um contingente de ciclistas talentosos como é o caso de Oscar Gatto que chegou da Cannondale e Davide Appollonio da AG2R La Mondiale.

ASTANA
IN: Lars Boom, Luis Leon Sanchez, Rein Taaramae, Dario Cataldo, Diego Rosa, Davide Malacarne, Laurens De Vreese, Miguel Angel Lopez
OUT: Janez Brajkovic, Enrico Gasparotto, Francesco Gavazzi, Jacopo Guarnieri, Frederik Kessiakoff, Dmitriy Muravyev, Maxim e Valentin Iglinskiy

Depois de uma temporada recheada de sucessos, incluindo a conquista da Volta a França 2014 por Vincenzo Nibali, a Astana enfrenta um futuro incerto. Os casos positivos de doping de Maxim e Valentin Iglinsky causaram fissuras profundas na equipa Cazaque que tem o incontornável Alexandre Vinokourov como diretor desportivo. Com a licença do World Tour em dúvida mediante o resultado da investigação em curso pela UCI ainda não é liquido que a tempestade tenha passado mas uma coisa é certa, os reforços para 2015 foram muitos e de peso. Oriundo da Belkin Lars Boom entra como a aposta para as clássicas da primavera já Luis Leon Sanchez, Rein Taaramae e Dario Cataldo vão servir de pilares para a luta pela geral nas grandes voltas. Outra das apostas da Astana dá pelo nome de Miguel Angel Lopez. O jovem colombiano de 20 anos venceu o Tour de l'Avenir é um dos talentos mais promissores do pelotão.

Janez Brajkovic foi uma das baixas de peso. O experiente esloveno assinou por dois anos com a UnitedHealthcare .

BMC
IN: Damiano Caruso, Alessandro De Marchi, Rohan Dennis
OUT: Alessandro Ballan, Steve Cummings, Yannick Eijssen, Thor Hushovd, Steve Morabito, Dominik Nerz

2015 terá uma BMC renovada e revitalizada. Thor Hushovd e Cadel Evans, duas das figuras mais emblemáticas da equipa suíça, colocaram um ponto final das respectivas carreiras e a porta ficou aberta para a entrada de sangue novo. Rohan Dennis de 24 anos foi uma das apostas do director desportivo Andy Rihs. O australiano, vencedor da medalha de prata dos jogos da Commonwealth este verão, é já um valor confirmado no pelotão internacional.

Alessandro De Marchi e Damiano Caruso oriundos da Cannondale vêm reforçar a equipa em duas frentes: De Marchi venceu o prémio da combatividade na edição deste ano da Volta a França e é um especialista em fugas, já Caruso é um experiente trepador.

TEAM BORA - ARGON 18
IN: Dominik Nerz, Cristiano Salerno e Bjorn Thurau
OUT: Tiago Machado e Leopold Konig

Em 2015 a NetApp-Endura passará a conhecida como Bora-Argon 18 fruto dos novos patrocinadores da formação onde milita o português José Mendes. A equipa que fez sensação na época transacta perdeu dois dos seus grandes vultos o checo Leo Konig, sétimo classificado no Tour 2014, e o português Tiago Machado, vencedor da Volta à Eslovénia 2014.

Para colmatar o vácuo a Bora-Argon 18 contratou Dominik Nerz (BMC), Cristiano Salerno (Cannondale) e Bjorn Thurau (Europcar).

COFIDIS
IN: Nacer Bouhanni, Steve Chainel, Dominique Rollin, Geoffrey Soupe
OUT: Jerome Coppel, Julian Fouchard, Christophe Le Mevel, Guillaume Levarlet, Rein Taaramae

A Cofidis protagonizou uma das contratações mais badaladas para 2015. Nacer Bouhani, sprinter “extraordinaire”, bateu a porta na FDJ.FR e promete agitar as águas com a nova camisola. Com apenas 24 anos o ex-campeão francês tem já com um palmarés invejável. Em 2014 venceu três etapas no Giro e a respectiva camisola vermelha e duas etapas na Volta a Espanha.

ETIXX-QUICKSTEP
IN: Maxime Bouet, David de la Cruz, Fabio Sabatini
OUT: Jan Bakelants, Wout Poels, Alessandro Petacchi, Gert Steegmans, Andrew Fenn, Thomas De Gendt, Serge Pauwels, Kevin De Weert

A Omega Pharma Quickstep transfigurou-se e em 2015 será conhecida como Etixx-Quickstep. Mark Cavendish, Tony Martin e Tom Boonen continuam a liderar as fileiras mas o êxodo foi massivo na formação belga. Wout Poels e Andrew Fenn ingressaram a Sky e Alessandro Petacchi e Gert Steegmans também terminaram o seu vínculo. Maxime Bouet da AG2R- La Mondiale e David de La Cruz da NetApp-Endura são dois dos principais reforços.

EUROPCAR
IN: Thomas Boudat, Owain Doull
OUT: Natnael Berhane, Kevin Reza, Davide Malacarne, Bjorn Thurau

A Europcar perdeu quatro ciclistas entre eles Kevin Reza um dos lançadores de Bryan Coquard na formação francesa. Davide Malacarne saiu rumo à Astana onde será um dos gregários de luxo de vultos como Fabio Aru e Vincenzo Nibali. Como reforços o diretor desportivo Jean-Rene Bernaudeau apostou na juventude contratando o britânico Owain Doull e o francês Thomas Boudat.

FDJ.FR
IN: Steve Morabito, Kevin Reza, Lorrenzo Manzin, Marc Sarreau
OUT: Nacer Bouhanni, Pierrick Fedrigo, Geoffrey Soupe

Com a saída de Nacer Bouhanni a FDJ.fr perde uma das suas grandes figuras da temporada transacta mas descomplica a vida de Arnaud Demare que surge como o sprinter incontestado na equipa francesa. Kevin Reza foi uma das contratações de peso e será certamente uma mais valia para Demare. A equipa de Mark Madiot também se reforçou com o experiente ciclista suíço Steve Morabito oriundo da BMC.

GARMIN-CANNONDALE
IN: Joe Dombrowski, Edward King, Kristoffer Skjerping.
OUT: Tyler Farrar, Raymond Kreder, Fabian Wegmann, Johan Vansummeren, George Bennett, Alessandro De Marchi, David Millar, Cayetano Sarmiento, Elia Viviani, Peter Sagan, Marco Marcato, Oscar Gatto, Ivan Basso, Damiano Caruso

A fusão da Garmin-Sharp e Cannondale resultou num êxodo em massa com muitos ciclistas a terem de procurar lugar em outros quadrantes. Farrar encontrou uma vaga na MTN-Qhubeka, enquanto a experiência de Basso valeu-lhe um ano de contracto com a Tinkoff-Saxo. De Marchi e Caruso ingressaram as fileiras da BMC e Viviani mudou-se para a Sky. David Millar optou por encostar a bicicleta e Sarmiento regressou às origens e vai voltar a vestir a camisola da Team Colombia.

Entre os “cannondales” a grande baixa dá pelo nome de Peter Sagan. Depois de ser cobiçado por inúmeras equipas o eslovaco optou por assinar contrato com a Tinkoff-Saxo de Alberto Contador. Uma transferência que coloca mais perguntas do que oferece respostas. Só o tempo dirá se o três vezes vencedor da camisola verde no Tour fez a escolha acertada.

Para já Jonathan Vaughters mostrou-se tímido no que toca a abrir os cordões à bolsa trazendo apenas o jovem norte-americano Dombrowski, ex-Sky.

GIANT-ALPECIN
IN: Zico Waeytens
OUT: Dries Devenyns, Thomas Damuseau, Janse van Rensberg

A Giant-Shimano vai responder pelo nome de Giant-Alpecin em 2015. A equipa holandesa mantém o rol de ciclistas virtualmente intacto com o alemão Marcel Kittel à cabeça. Zico Waeytens é a única entrada até ao momento.

avatar
Tiago Ferreira
Admin

Mensagens : 412
Data de inscrição : 09/09/2014
Idade : 36
Localização : Lemenhe City

Ver perfil do usuário http://aventuraradical.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum