Kwiatkowski remata ano brilhante da Polónia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Kwiatkowski remata ano brilhante da Polónia

Mensagem por Tiago Ferreira em Seg 29 Set 2014 - 9:54

[img][/img]Campeão da Volta ao Algarve deu expressão à época notável do ciclismo polaco com um ataque na penúltima descida do dia que valeu título inédito ao país. Rui Costa finalizou entre os melhores (23º), Simon Gerrans ficou com a prata e Alejandro Valverde com o bronze, na sexta medalha em Mundiais para o espanhol. Atualizamos esta notícia no Eurosport News.
Está terminado o Campeonato do Mundo de Ponferrada e manda a tradição que a prova rainha fique para o final. Foi o que se verificou, com a corrida de fundo dos elites masculinos, 254,8 km, num total de 14 voltas sem saírem do circuito, isto com um desnível acumulado de 4284 metros.

Savickas (LIT), Kvasina (CRO), Quintero (COL) e Polivoda (UCR) cedo saltaram do pelotão para formar a fuga do dia. O quarteto esteve mais de 100 km isolado, mas a aventura terminou a 64 do final, quando Quintero foi neutralizado. A 70 km do final Itália fez um primeiro teste e selecionou o pelotao, depois da Polónia ter trazido a fuga de 15 para 4 minutos. A 55 km Tony Martin saltou para a frente, mas o trabalho conjunto da Austrália e Bélgica apanharam o panzer germânico.

POLACO ATACOU A DESCER E ENGANOU OS RIVAIS

A última volta foi uma autêntica guerra fria. Michal Kwiatkowski lançou-se numa frenética descida e aí ganhou uma pequeníssima margem que não lhe garantia o título. Ainda faltava passar no alto do Mirado – 1100 metros com rampas de 11% de inclinação – mas o polaco da Omega demonstrou boas pernas já que em vez de ceder terreno acabou por acentuar a diferença para um grupo onde entretanto se começaram a movimentar Valverde, Gerrans, Gilbert.

Por esta altura Rui Costa passava dificuldades. O agora ex-campeão mundial não conseguiu juntar-se à movimentação de Valverde e companhia, ficando junto com sprinters como Degenkolb, Bouhani e Swift, que impediram o poveiro de ficar uns lugares mais acima e fechar Top 10 (acabaria em 23º).

Quanto ao título, é inédito para a Polónia. O momento dos polacos é incrível com homens como Kwiatkowski e Majka, no caso particular do homem da Omega esta foi a 8ª vitória da temporada de um total de nove na carreira, o que mostra bem a época de qualidade que arrancou com uma vitória na geral da Volta ao Algarve.

Uma nota sobre os seis portugueses que começaram a prova; era esperado que nem todos terminassem, dado que a estratégia nacional passava por proteger Rui Costa. Ainda assim houve algum azar nos três abandonos registados: André Cardoso caiu e consequente teve um problema mecânico, José Mendes também com um furo inoportuno e Sérgio Paulinho. Entre os que acabaram a prova nota para Tiago Machado que foi 54º a 1:32 e Nelson Oliveira 67º a cerca de cinco minutos do vencedor.

TOP 10 DA PROVA DE FUNDO MASCULINA DE ELITES

1 Michal Kwiatkowski (Polónia) 6:29:07
2 Simon Gerrans (Austrália) 0:00:01
3 Alejandro Valverde (Espanha)
4 Matti Breschel (Dinamarca)
5 Greg Van Avermaet (Bélgica)
6 Tony Gallopin (França)
7 Philippe Gilbert (Bélgica) 0:00:04
8 Alexander Kristoff (Noruega) 0:00:07
9 John Degenkolb (Alemanha)
10 Nacer Bouhanni (França)
avatar
Tiago Ferreira
Admin

Mensagens : 412
Data de inscrição : 09/09/2014
Idade : 36
Localização : Lemenhe City

Ver perfil do usuário http://aventuraradical.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum